Benefícios do Pompoarismo para a mulher

Cada vez mais afastado do do seu tabu irracional, o pompoarismo e – sobretudo – os benefícios do pompoarismo são cada vez mais populares e amplamente debatidos quando assunto é a saúde, a vida sexual e o bem-estar feminino.

Eficiente exercício na obtenção de melhorias observáveis na musculatura do assoalho pélvico e do controle dos tecidos internos, o pompoarismo é capaz de gerar benefícios que muitas mulheres passam a vida inteira tentando buscar, sem nunca encontrar uma solução.

Os benefícios do pompoarismo vão para além do auto-controle e beneficiam até mesmo os parceiros ou parceiras sexuais, o que significa que todo mundo ganha com essa prática. Saiba mais sobre a atividade, seus benefícios para o corpo e quais são as principais melhorias observadas com a prática:

Mais facilidade na obtenção de orgasmos

Sabe-se, através de uma recente pesquisa na USP que mais de uma a cada quatro mulheres brasileiras não conseguem alcançar um orgasmo de maneira recorrente. Estima-se que o número exato seja de 26% das mulheres que não chegam ao ápice de relação sexual.

Embora isso possa ser fruto de questões de saúde, a grande maioria destes casos diz respeito à falta de conhecimento sobre o próprio corpo, à falta de controle psicológico e físico e, sobretudo, à inatividade anterior em relação à auto-exploração.

Em outras palavras, é difícil chegar a um destino se você nunca conheceu o caminho para chegar até lá antes. Por isso, um dos benefícios do pompoarismo é facilitar para as mulheres o acesso ao conhecimento do próprio corpo. Isso as leva a um maior controle conhecimento sobre o próprio prazer, permitindo-as alcançar o orgasmo com muito mais facilidade.

Se você sofre para conseguir chegar ao clímax, o pompoarismo pode ser uma solução altamente benéfica para sua vida sexual.

Mais prazer durante o ato sexual

Outra importante melhoria que a prática do pompoarismo pode proporcionar é o aumento do prazer sexual propriamenteo dito. Retornado à questão da dificuldade de atingir os orgasmos, estima-se que quase 75% das mulheres que apresentam a dificuldade apontem algum tipo de dor durante o sexo. Muitas outras mulheres simplesmente não conseguem sentir prazer durante a maior parte da relação sexual.

Isso ocorre especialmente em função da falta de lubrificação ou de contrações involuntárias da musculaturas. Entre os benefícios do pompoarismo, o controle da musculatura é capaz de garantir que a mulher adeque sua musculatura relaxando-a e contraindo nas intensidades e momentos em que tais ações forem mais prazerosas para o seu próprio corpo.

A capacidade de contrações voluntárias genitais, aliás, é um dos grandes benefícios que a maior parte das mulheres não praticantes – mesmo aquelas que já sentem prazer regularmente – não possui, e que faz toda a diferença na geração do de sensações positivas durante a relação sexual.

Controlar a ejaculação do parceiro

Outro fator incômodo para muitas mulheres está na ejaculação precoce de seus parceiros. Embora não seja culpa delas (apesar das desculpas que eles possam dar), o problema pode receber uma mãozinha para atrapalhar menos.

Mulheres com controle de suas contrações internas são muito mais propensas e desenvolver a capacidade de perceber quando o homem está próximo do clímax, “dando espaço” para que consiga se recuperar antes de continuar o ato sexual, melhorando seu desempenho e duração.

Orgasmos mais intensos

O resultado natural de conhecer o próprio corpo e, sobretudo, de ter o controle pleno da musculatura vaginal é, obviamente, o desenvolvimento de orgasmos muito mais intensos. Aquelas que praticam o pompoarismo durante bastante tempo são capazes de concentrar seu prazer de formar que o orgasmo seja poderoso com muito mais frequência.

Para isso aconteça, obviamente é necessário treinar por bastante tempo, mas os efeitos crescem com o tempo, e as praticantes podem aproveitar os benefícios do pompoarismo desde as primeiras semanas.

Posts Relacionados:

Leave a Reply