Dicas de cuidados com tatuagens

Tatuagens contam histórias. E para que elas durem o tempo necessário, mantendo a mensagem e a beleza, é preciso tomar certos cuidados. Vem comigo e eu mostro quais!

dicas-de-cuidados-com-tatuagens

As dicas de cuidados com tatuagens vão além do básico higienizar e passar pomada. Porém, até mesmo nestes pontos, muita gente acaba cometendo erros que podem comprometer a saúde da pele e o desenho. Veja como evitar desconfortos e decepções:

  • Aplique a pomada do jeito certo – mantenha o hábito de passar pomada para ajudar na cicatrização, como bepantol. Nos primeiros dias, use o produto de uma a três vezes por dia, principalmente à noite, antes de deitar.

A aplicação deve ser mantida por, no mínimo, 20 dias.

  • Fuja de alimentos gordurosos demais e condimentados – algumas pessoas têm alergias no local tatuado após ingerir comidas assim.

Cada organismo reage de uma forma, então, é melhor prevenir, principalmente evitando excessos. Uma trufa de chocolate não costuma ser problema, mas uma caixa inteira delas pode não ser uma boa ideia.

  • Filme plástico – ele é uma proteção extra, pois isola a área tatuada, favorecendo a absorção das substâncias que agilizam a recuperação da pele e evitando infecções.

Mas não use o mesmo plástico por muito tempo. Ele precisa ser trocado toda vez que a tattoo for higienizada e/ou receber a pomada.

  • Proteja a tatuagem da exposição solar – quer mostrar a arte aos amigos? Espere um pouco antes de sair por aí exibindo a tattoo livremente, pois o sol pode afetar a cicatrização e a fixação dos pigmentos.

A radiação UV inflama a pele, fazendo com que os pigmentos sejam reabsorvidos. Então, a olho nu, as linhas do desenho ficam “borradas”. Algo que tende a piorar quanto mais recente for a tatuagem exposta ao sol.

Por isso, muita calma nessa hora… Use roupas ou proteção solar. Os produtos aplicados em bebês criam uma camada protetora e costumam causar menos alergias.

O ideal é evitar o sol na tatuagem por seis meses. E quando fizer isso, aplicar FPS 45 ou 50.

  • Deixe a praia para depois – aproveitando a deixa do cuidado com o sol, ir à praia também não é recomendado porque você fica mais vulnerável a infecções nesse tipo de ambiente. O mesmo vale para piscinas e clubes.
  • Em vez de coçar, dê tapinhas leves no local da tatuagem – a vontade pode ser grande, e é normal, mas a coceirinha costuma atrapalhar a cicatrização.

Porém, se ela estiver muito forte, procure o tatuador ou um dermatologista. Pode ser uma reação alérgica, inclusive à tinta.

  • Limpeza adequada – feita com frequência, a higienização evita infecções. A dica é usar sabonetes antissépticos antes de aplicar a pomada cicatrizante e trocar o plástico de proteção. Assim, você retira o produto usado anteriormente.

A limpeza pode ser feita logo no dia seguinte à realização da tatuagem. Enquanto a pele tiver aspecto de ferida e casquinha, faça a lavagem. Caso prefira higienizar a tattoo no banho mesmo, não use buchas ou sabonetes com cheiro forte.

  • Resista à tentação de arrancar a casquinha – ela vai cair sozinha, e na hora certa. Puxar a crosta para ver logo o resultado final da tatuagem deixa a pele exposta a infecções. Se a casquinha está lá é por algum motivo, ou seja, a área não está pronta para ser mostrada.

Gostou das dicas? Agora, você tem mais informações para cuidar melhor da sua tatuagem ou, quem sabe, ajudar aqueles amigos que acabaram de tatuar o corpo ou estão prestes a marcar a pele com símbolos que demonstram aspectos do estilo e da personalidade.

Sucesso, e até mais!

Posts Relacionados:

Leave a Reply