Parto Humanizado: Tiramos as principais dúvidas das futuras mamães! [Vídeo]

Muito tem se falado sobre a polêmica em relação ao parto humanizado.

Mas afinal de contas, o que é um parto humanizado?

A resposta é simples: respeitar as decisões da paciente com o mínimo – ou nenhuma – de intervenções médicas possíveis na hora do nascimento.

Com o parto humanizado, a natureza faz o seu trabalho da forma mais natural possível.

Nele, a paciente pode escolher em qual posição deseja ficar, quem quer por perto na hora do parto, e quais devem ser as intervenções que o médico pode fazer.

Veja o vídeo no final do post!

É possível fazer um parto humanizado em um hospital ou em casa. Então o conceito é bem simples: respeitar, salvo a saúde da mulher e do bebê, suas necessidades de ter o filho de um jeito mais natural.

Você está grávida e deseja ter um parto humanizado? Tiramos as dúvidas mais recorrentes das mulheres!

Como se preparar para um parto humanizado

Para ter um parto humanizado é preciso que a gestante faça um bom pré-natal. Pois é através dele que são conhecidas quais as ações que devem ser executadas na hora do parto.

Pelo pré-natal é possível acompanhar a saúde do bebê e da futura mamãe. Também é muito importante a escolha do médico ou da doula (mulheres que dão suporte físico e emocional durante o parto).

Se você percebeu que seu médico não é simpatizante do procedimento, recomendamos que troque de especialista para evitar surpresas desagradáveis.

É possível ter uma cesárea humanizada?

Muitos dizem que parto humanizado é só aquele que se faz à moda antiga. Mas se trabalharmos o conceito de parto humanizado, a cesárea, desde que seja realmente necessária, também pode ser humanizada.

Deixar o marido acompanhar o procedimento e retirar aquele pano que separa a paciente do bebê, por exemplo, são medidas que podem ser tomadas em uma cesárea para deixá-la mais humana possível.

Por que muitos hospitais se negam a fazer parto humanizado?

A explicação é mais simples do que parece. Deixar a natureza fazer o seu papel pode tomar horas de trabalho de uma equipe que, muitas vezes, está sobrecarregada de trabalho.

Além disso, há uma certa “pressa” em desocupar o leito para que eles possam receber outros pacientes.

Muitas mulheres sequer são perguntadas sobre como querem que o parto aconteça. Se querem anestesia, remédios para aumentar a dilatação, se querem parto normal ou não.

O sistema de saúde tem agido de forma mecanizada quando falamos do melhor momento da vida de nós mulheres. Por isso, muitos hospitais ignoram as recomendações da Organização Mundial de Saúde e Ministério da Saúde, de priorizar o parto normal e mais humanizado.

O parto humanizado, quando possível ser feito, é um momento único que marcará para sempre a relação entre pai, mãe e filho. É um momento de amadurecimento pessoal, emocional e sexual da mulher.

É por ele que o vínculo entre mãe e filho cresce ainda mais.

Os exames após o nascimento são tão importantes quanto a primeira amamentação assim que o nascimento acontece ou o próprio pai cortar o cordão umbilical de seu filho.

O que o parto humanizado busca é resgatar esse vínculo que foi perdido através da mecanização de um procedimento tão importante em nossas vidas.

E você? Já passou por um parto humanizado? Conte pra gente nos comentários como foi a sua experiência!

Vídeo Parto humanizado

Posts Relacionados:

Leave a Reply