Remédio para crescer existe? Saiba o que diz a ciência

Remédio para crescer

Ser alto é um atributo desejável para muitas pessoas, e existem Suplementos que afirmam que podem fazer você crescer e ficar mais alta seja qual for o seu caso. No entanto, não há provas médicas ou clínicas de que você possa crescer mais, uma vez que você já passou da puberdade.

Loções, pílulas e exercícios não farão seus ossos crescerem, uma vez que o seu crescimento parou quando você saiu da adolescência. Por isso, antes de tentar qualquer medicamento que prometa crescimento, você deve falar com seu médico e esclarecer possíveis dúvidas sobre o assunto. Aqui, você poderá entender um pouco melhor o que a ciência diz sobre tudo isso, e porque os remédios para crescer só funcionam em determinada idade.

O que diz a ciência

De acordo com a ciência, o seu crescimento para no final da puberdade, e normalmente, a puberdade termina em aproximadamente 18 anos de idade para meninas e 20 anos de idade para os meninos. Os estágios finais de crescimento ocorrem na epífise ou placas de crescimento localizadas no final dos ossos longos de seus braços e pernas. Durante e antes da puberdade, a epífise é suave, permitindo um osso adicional e estimulando seu crescimento.

Durante a puberdade, a epífise começa a solidificar, se fundindo completamente após a puberdade. A maioria dos médicos concorda que, uma vez que a epífise tenha fundido, o crescimento adicional não é possível. Porém, existem empresas que produzem suplementos que pretendem reverter esse processo, mas não existe nenhuma evidência médica, confirmando que isso é possível.

Suplementos de crescimento

Existem muitos produtos com uma infinidade de ingredientes prometendo tornar você mais alta. Esses produtos não têm base científica para o que prometem, e eles são um tipo de suplemento que não possuem nenhuma regulação ou confirmação sobre a precisão das declarações feitas pelos fabricantes registradas na Anvisa.

Além disso, alguns dos ingredientes encontrados em suplementos para o crescimento nunca receberam uma avaliação completa confirmando sua segurança e os efeitos a longo prazo que seu uso pode trazer. Portanto, antes de tomar um suplemento para crescer, leia todos os ingredientes no rótulo do produto e fale com o seu médico para garantir que o suplemento não coloque em risco a sua saúde.

HGH

A ANVISA aprovou o hormônio do crescimento humano para uso em crianças com crescimento anormal. Este tratamento requer uma receita médica e só tem eficácia em crianças que não atingiram a puberdade. O hormônio HGH funciona ajudando o corpo a produzir seus próprios hormônios.

Algumas empresas que comercializam o HGH o colocam em suplementos que prometem o crescimento e citam as informações sobre o uso médico do HGH em crianças para apoiar a sua eficácia, mas o HGH, no entanto, não vai fazer você crescer mais depois que você já alcançou a puberdade e isso é um fato consumado.

Utilizações e abusos do HGH

O hormônio de crescimento humano sintético foi desenvolvido em 1985 e aprovado pela ANVISA para usos específicos em crianças e adultos. Em crianças, as injeções de HGH são aprovadas para tratamento de baixa estatura de causa desconhecida, bem como um crescimento fraco devido a uma série de causas médicas, incluindo:

  • Síndrome de Turner, uma desordem genética que afeta o desenvolvimento de uma menina
  • Síndrome de Prader-Willi, um distúrbio genético incomum que causa um tônus muscular fraco, baixos níveis de hormônios sexuais e um constante sentimento de fome
  • Doença renal crônica
  • Deficiência ou insuficiência de HGH
  • Crianças nascidas muito pequenas para a idade gestacional

Em adultos, os usos aprovados da HGH incluem:

  • Síndrome do intestino curto, uma condição em que os nutrientes não são devidamente absorvidos devido à doença intestinal grave ou à remoção cirúrgica de uma grande porção do intestino delgado
  • Deficiência de HGH devido a tumores pituitários raros ou seu tratamento
  • Doença que desperdiça o músculo associada ao HIV / AIDS

Porém, os usos mais comuns do HGH não são aprovados pelo ANVISA. Algumas pessoas usam o hormônio, juntamente com outras drogas que melhoram o desempenho, como esteroides anabolizantes, na tentativa de desenvolver músculos e melhorar o desempenho atlético. No entanto, o efeito do HGH sobre o desempenho atlético é desconhecido.

Como os níveis de HGH do corpo diminuem naturalmente com a idade, alguns especialistas da área antienvelhecimento especularam e alegaram que os produtos à base de HGH poderiam reverter a deterioração corporal relacionada à idade. Mas essas afirmações, também, não são comprovadas. O uso de HGH para antienvelhecimento não é aprovado pela ANVISA.

No entanto, algumas pessoas conseguem o HGH injetável de médicos que o prescrevem para fins fora do comum (usos para os quais isso não foi aprovado pela ANVISA) e através de farmácias pela Internet, clínicas antienvelhecimento e sites, porém, nada disso é seguro.

Outras pessoas compram produtos à base de HGH – ou produtos que afirmam aumentar a produção própria de HGH no seu corpo – sob a forma de pílulas e sprays. As empresas que comercializam esses produtos fazem afirmações de que o HGH regula o relógio biológico do seu corpo, reduz a gordura, forma músculos, recupera o crescimento e a cor do cabelo, fortalece o sistema imunológico, normaliza o açúcar no sangue, aumenta a energia e melhora a vida sexual, a qualidade do sono, visão e memória. No entanto, a Anvisa não viu nenhuma evidência confiável para apoiar essas afirmações de que esses produtos têm os mesmos efeitos que a HGH prescrita, que é sempre dada por injeção, ou seja, não existe comprovação de que esses produtos realmente funcionam.

Efeitos colaterais de HGH e outros perigos

Possíveis efeitos colaterais do uso de HGH incluem:

  • Dor nervosa, muscular ou articular
  • Inchaço devido ao fluido nos tecidos do corpo (edema)
  • Síndrome do túnel carpal
  • Formigamento da pele
  • Níveis elevados de colesterol
  • HGH também pode aumentar o risco de diabetes e contribuir para o crescimento de tumores cancerosos.

Além disso, se você comprar o HGH ilicitamente, talvez você não saiba o que realmente está tomando. Por causa do alto custo, os medicamentos à base de HGH são muito falsificados. Se você não está recebendo HGH do seu médico, você pode estar recebendo um produto falsificado, e você sempre deve falar com seu médico antes de considerar o uso de qualquer forma de HGH.

Fique de olho nos golpes pela internet

A Internet tornou muito mais fácil a comercialização de suplementos. Alguns desses fabricantes criam seus próprios grupos de discussão em que publicam falsas discussões e depoimentos. Além disso, alguns fabricantes oferecem garantias de devolução de dinheiro para o seu suplemento caso ele não funcione e você não cresce em 30 ou 60 dias, mas a verdade é que poucas pessoas correm atrás desse reembolso, se é que ele existe.

Sendo assim, não confie em remédios para crescer vendidos pela internet, e infelizmente, depois que você passa pela puberdade não é mais possível crescer e ainda não existe remédio capaz de fazer isso.

Posts Relacionados:

Leave a Reply