Zonas erógenas nos homens: quais são elas?

A distribuição de zonas erógenas nos homens é razoavelmente diferente do que ocorre nas mulheres. Enquanto as mulheres apresentam uma série de locais com potencial primário de prazer intenso, os homens concentram boa parte do seu prazer sexual em torno do pênis.

Isso não significa, é claro, que todas as zonas erógenas nos homens resumam-se ao pênis. É necessário entender, por outro lado, que elas são altamente concentradas em torno do órgão genital.

Por isso, uma boa ideia é focar no pênis e na região genital e utilizar as outras zonas erógenas nos homens de forma complementar para gerar uma experiência memorável para ele. Saiba como explorar as zonas erógenas nos homens, e como fazer com que elas trabalhem a seu favor na hora da provocação ou do sexo:

O ponto principal: o pênis

Nenhuma outra parte do corpo masculino é tão propensa a sensações de prazer sexual quanto o pênis, simplesmente por uma questão evolutiva. Isso não significa, no entanto, que todo pênis sinta apenas um tipo de sensação, ou que não faça diferença o local onde o homem recebe mais atenção.

A parte mais sensível do pênis é a glande, popularmente chamada de cabeça. Essa é, sem dúvidas, a mais prazerosa entre todas as zonas erógenas nos homens. É necessário, por outro lado, ter cuidado para não machucar o local, uma vez que sua sensibilidade é altíssima.

É no corpo do pênis que você deve focar a fricção mais intensa, tendo o cuidado de acariciar a parte onde a pele acumula-se antes de atingir a glande – ponto em que também existe uma intensa sensação de prazer.

Aproveitando a região

Não é apenas o pênis que é capaz de sentir prazer na região genital. Os testículos e o saco escrotal também podem fazer maravilhas se delicadamente acariciados, apalpados, lambidos e chupados. É necessário ter cuidado para não machucar, mas essa é uma área que gera um prazer intenso quando recebe a atenção correta.

Lábio inferior

Partindo para as zonas erógenas nos homens que são mais afastadas da região genital, os lábios inferiores podem ser intensamente utilizados para gerar prazer no homem. A verdade é que a região entre os lábios e o queixo é recheada de sensores de alta sensibilidade, o que faz com que carícias cuidadosas sejam muito úteis na hora de gerar excitação.

Pescoço

Assim como no corpo feminino, o pescoço é uma das zonas erógenas nos homens. No caso dos homens, há uma dica especial: a maior parte os receptores neuronais fica logo abaixo do pomo de Adão, na porção frontal do pescoço.

Isso não significa, é claro, que as partes laterais, perto das orelhas, também não possam gerar uma excelente efeito se receberem a devida atenção.

Mamilos

Não é apenas nas mulheres que os mamilos podem ser utilizados para gerar prazer. Com a técnica e a delicadeza carretas, essas são importantes zonas erógenas nos homens, que podem gerar prazer intenso, especialmente por não estarem acostumados a receber atenção na região. Com o devido cuidado, essa pode ser uma grata surpresa para os homens.

Períneo

O períneo é a região que existe entre o fim dos testículos e o ânus masculino. Embora geralmente seja tema de vários tabus e medos diversos, essa é a região onde fica a próstata, uma glândula extremamente sensível, e capaz de gerar prazeres quase tão intensos quanto o próprio pênis.

Por isso, essa é uma das zonas erógenas nos homens que merece ser devidamente explorada. No entanto, é um assunto que precisa ser conversado antes de partir para a ação prática, pois muitos homens podem interpretar mal a situação caso ainda mantenham os antigos tabus a respeito de sexualidade.

Posts Relacionados:

Leave a Reply